12

Jun

A TOUCH FIRE GROUP, FAZ INVESTIMENTO EM MOÇAMBIQUE E APRESENTA A NOVA REDE DE AMBULÂNCIAS DE EMERGÊNCIA QUE PODERÁ ASCENDER A UM INVESTIMENTO DE 300 MILHÕES DE METICAIS

A TOUCH FIRE GROUP, FAZ INVESTIMENTO EM MOCAMBIQUE E APRESENTA A NOVA REDE DE AMBULÂNCIAS DE EMERGÊNCIA QUE PODERÁ ASCENDER A UM INVESTIMENTO DE 300 MILHÕES DE METICAIS

 

Serviço de resposta rápida a situações de emergência vai atrair mais investimentos para Moçambique 

 

Maluana (Moçambique), 07 de Jun (AIM) – Os serviços de resposta rápida à situações de emergência, nomeadamente em caso de acidentes ou complicações da saúde, vão ajudar na atração de investimentos para Moçambique, defendeu o vice-ministro de Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Edson Macuacua.

Os serviços serão oferecidos por um projecto instalado pelo grupo T4S, em parceria com o Parque de Ciências de Tecnologia de Maluana, que disponibiliza uma assistência dotada de equipamentos de última geração para assegurar resposta rápida a entidades públicas, privadas e pessoas singulares, o que poderá mitigar o risco de perdas humanas.

Por isso, e porque o serviço contribui para o reforço da segurança das comunidades, o vice-ministro entende que vai ser um elemento de atração de investimentos para o país, contribuindo para a construção de um Moçambique com menos riscos para as pessoas e instituições.

“A segurança é um factor crítico de desenvolvimento do país, pois os agentes económicos sentem-se atraídos a investir em locais onde a segurança esteja garantida”, sublinhou Macuacua, que falava, hoje, no posto administrativo de Maluana, distrito da Manhiça, na província de Maputo, sul de Moçambique.

Aliás, segundo Macuacua, a inovação floresce, também, em locais seguros e “é justamente por isso que enaltecemos a implementação desta iniciativa, pois constitui um testemunho da importância do investimento em prol do desenvolvimento sustentável e que tem na pessoa e na sua segurança o seu maior activo empresarial e social”.

Trata-se do primeiro serviço do gênero instalado em África, tendo Moçambique como país pioneiro, e que oferece aos utentes um atendimento rápido através de uma ambulância equipada, entre outros, por um monitor; equipamento de ventilação, capaz de estabilizar o utente/paciente até à unidade hospitalar, para além de contar com uma tripulação composta por um médico, um enfermeiro e um técnico especialista em emergência médica.

O serviço de emergência pode ser solicitado através de uma linha verde ou uma aplicação que pode ser instalada nos telemóveis – para o caso de singulares -, e através de uma plataforma em que os utentes estarão cadastrados – para o caso de utentes registados por uma empresa.

Gilberto Gonçalves, da empresa responsável pela instalação do serviço, explicou que o objectivo essencial é que as comunidades tenham meios a tempo e hora para um pronto socorro em momentos que é solicitado.

“Estamos a falar de todo o material médico [que estará disponível na ambulância] para fazer uma eventual evacuação em uma situação de emergência grave”, disse Gilberto Gonçalves.

Da mesma fonte, a AIM apurou que parte dos técnicos que estarão envolvidos nas operações são moçambicanos que beneficiaram de uma capacitação prévia, numa acção que visa “assegurar o desenvolvimento dos recursos humanos locais” para que, posteriormente, Moçambique possa ter capacidade de exportar o serviço para outros países africanos que estejam interessados.

Numa primeira fase, o projecto será instalado na província de Maputo, cujas ambulâncias estarão em locais onde possam abranger maior número de utentes, e o passo seguinte é abranger a cidade da Beira, província de Sofala, região centro do país, sendo que a pretensão da empresa é disponibilizar o serviço em todo Moçambique.

Actualmente, a empresa T4S tem cinco ambulâncias em Moçambique, sendo que duas já estão concessionadas à Rede Viária de Moçambique (REVIMO) e as outras três vão servir a este projecto. Ao todo estima-se a disponibilização de 60 ambulâncias, num projecto orçado em mais de 300 milhões de meticais.

 

In Agência de Informação de Moçambique

https://aimnews.org/2024/06/07/servico-de-resposta-rapida-a-situacoes-de-emergencia-vai-atrair-mais-investimentos-para-mocambique/

Partilhar esta notícia

notícias

RELACIONADAS